2 Erros que podem travar o seu TCC

Há dois erros graves que milhares de estudantes cometem na hora de fazer o TCC…

… Causam confusão e uma TREMENDA perda de tempo (e até de dinheiro!).

Na verdade, parece que virou uma regra — sem exceção — entre os estudantes.

Praticamente…

Dez entre dez estudantes cometem pelo menos um destes erros.

Mas a boa notícia é…

VOCÊ pode ser a exceção!

Por que, uma vez que você saiba quais são, é FÁCIL fugir deles; ou corrigi-los, se você está no início do seu TCC.

Eu sei que para organizar, estruturar e começar a produzir um TCC dá uma enorme dor de cabeça, sobretudo para quem é marinheiro de primeira viagem.

Você nunca fez um trabalho como um TCC, é natural ficar perdido no início, sem saber por onde começar.

Ou mesmo depois, aparecer uma dificuldade em alguma parte específica e você travar bem no meio do trabalho sem conseguir colocar as ideias no papel.

Para piorar…

O sistema tradicional de orientação está falido… O orientador mais confunde do que ajuda.

(E o tempo VOA, não é?)

Além do mais, nós sabemos que, quando algo começa mal tende a piorar, crescendo como uma bola de neve montanha abaixo…

Então é melhor começar o seu TCC de forma correta.

Portanto, continue lendo para você saber como evitar estes erros frequentes que são os maiores responsáveis por transformar a produção do trabalho em um caos eterno.

E mais…

Se você ainda não começou o seu TCC, tenho uma dica útil para te ajudar a escolher o melhor tema com simplicidade e precisão.

Vamos lá!

Os dois erros comuns que você corre risco de cometer logo no começo do seu TCC

fazer-o-tcc-01

Aqui estão os dois erros que você DEVE evitar.

Erro #1: pesquisar referencial teórico ANTES de montar a estrutura básica do seu TCC…

Isto é, antes de definir o seu problema de pesquisa e os seus objetivos — geral e específicos.

Quando você pesquisa referencial antes de definir a sua estrutura básica, há GRANDE chance de você acumular uma tonelada de material inútil…

Além de fazer um esforço terrivelmente dispendioso, será uma perda tempo!

Erro #2: escrever a introdução (ou resumo) SEM montar a estrutura básica, sem definir o seu problema e os seus objetivos.

Muitas pessoas querem logo começar a escrever o TCC, elas ficam apavoradas e saem escrevendo sem preparar o terreno antes.

Em geral, iniciam pela introdução ou pelo resumo (ainda pior!).

E por que isso não é bom?

Porque desse jeito — sem ter definido o seu problema e objetivos —, você não vai SABER exatamente o quê e como escrever ao longo do trabalho.

Assim, é provável que você fique com a escrita empacada INÚMERAS vezes (perda de tempo!).

Como eliminar esses dois erros?

fazer-o-tcc-03

Simples…

Para eliminar definitivamente esses dois erros, o segredo é:

ANTES DE QUALQUER OUTRA COISA…

Defina a estrutura básica do seu TCC.

  • O problema de pesquisa, ou seja, aquilo que você quer investigar dentro do tema que você escolheu, e
  • Os objetivos: geral e específicos do seu trabalho.

A partir do momento que você cria essa estrutura básica, tudo fica mais CLARO, pois agora você sabe O QUÊ e COMO escrever.

Esse é o jeito inteligente de fazer o seu TCC, você poupará energia, esforço e tempo.

E outra coisa:

você sabe que para montar a estrutura básica precisa ter um tema BEM definido, não sabe?

… Então, se você ainda não definiu o tema do TCC, assista o vídeo abaixo do Prof. Amilton Quintela que ele mostrará para você como escolher o melhor tema do seu TCC em três passos simples.

Agora, se você já escolheu o tema e quer simplificar e acelerar de vez o seu TCC…

O Prof. Amilton Quintela é a pessoa certa para te ensinar o caminho das pedras…

Sabe por quê?

Porque ele realizou a proeza de fazer o TCC em APENAS 4 semanas e tirou nota MÁXIMA.

Mas antes de eu te explicar COMO você também pode fazer isso (ou em menos tempo!)…

Você precisa saber de uma coisa sobre o Prof. Amilton, é importante entender como ele chegou a esse resultado extraordinário.

Ele também sofreu todos os dramas que os acadêmicos sofrem na hora de fazer o TCC, perdeu várias noites de sono em seu primeiro trabalho.

Diante do desafio, buscou mais informações dentro e fora do Brasil, com o objetivo de não apenas concluir o seu trabalho…

Mas identificar TÉCNICAS e TÁTICAS capazes de AGILIZAR o processo de criação do trabalho.

Assim ele desenvolveu uma habilidade incrível para acelerar e simplificar a maneira de fazer um TCC.

Foi aí que ele criou o método que, mais tarde, acabou virando o TCC Sem Drama, testado e aprovado por mais de 9.700 estudantes.

O Amilton tem um prazer legítimo em ajudar todo aluno "perdido" que pede por seus conselhos.

Depois, esse mesmo aluno volta e lhe agradece, pois usou o método TCC Sem Drama e realizou o sonho da formatura.

Nada mais justo, não é mesmo?

A gratidão é algo bonito de se ver e de se compartilhar!

Assim como eles, você também pode fazer seu TCC em UMA semana!

fazer-o-tcc-02

Algumas pessoas dizem que não têm tempo de fazer o TCC…

Outras dizem que estão perdidas, não sabem por onde começar

Algumas não sabem como fazer

Entretanto, você…

  • Já imaginou fazer todo o seu TCC sem abrir mão da sua vida social?
  • Já imaginou colocar as ideias no papel sem sofrimento?
  • Já imaginou saber exatamente o que fazer e como fazer?
  • Enfim, ter a certeza de que você está no caminho SEGURO e CERTO?

Se coisas desse tipo nunca passaram pela sua cabeça…

Saiba que tudo isso é POSSÍVEL!

Veja…

Estudantes de diversas regiões do Brasil agradecem o Prof. Amilton por concluírem o TCC do início ao fim em 7 dias usando o método TCC Sem Drama.

Parece MUITO BOM para ser verdade?

Se você pensou isso, eu não tiro a sua razão.

Por que se eu não tivesse COMPROVADO, eu também duvidaria.

Mas você nem precisa acreditar em mim…

Você também pode comprovar a verdade AGORA mesmo…

Dê uma olhada nos depoimentos na página do método TCC Sem Drama do professor Amilton Quintela.

… Se tanta gente conseguiu fazer um TCC completo em POUCO DIAS, por que você não conseguiria também?

Você está MUITO PRÓXIMO de realizar esse feito.

Espero que você fique do lado dos aprovados!

Olá! O que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *